sexta-feira, 28 de março de 2014

GESTAÇÃO E TOXOPLASMOSE


Sinônimos/nomes populares Doença do gato e gestação/gravidez O que é? 
A toxoplasmose é uma doença causada pelo parasita Toxoplama Gondii. A maioria dos casos ocorre pelo contato com fezes e urina de animais (gatos). A contaminação freqüentemente ocorre pela ingestão de carnes não bem cozidas que estão contaminadas pelo toxoplasma.
A importância da doença durante a gestação é o risco elevado de comprometimento fetal. Pode ocorrer: abortamento crescimento intra-uterino retardado (o feto cresce menos que o normal) morte fetal (morte após 20 semanas de gestação) prematuridade (nascimento antes de 37 semanas) malformações diversas: microftalmia (olhos pequenos), micro-encefalia (cabeça pequena), hidrocefalia, retardo mental, pneumonite, hepato-esplenomegalia (aumento com alteração da função do fígado e do baço), lesões de pele e calcificações dentro do cérebro. Como se faz o diagnóstico? O diagnóstico da doença é difícil de ser realizado pela anamnese e exame físico. O médico sempre deve pensar neste diagnóstico nas pacientes com : febre linfadenomegalia (aumento dos linfonodos - ínguas) mal-estar história de contato com felinos ou ingestão de carnes pouco ou não cozidas. Em adultos a doença pode ser assintomática, entretanto o parasita pode chegar ao feto através da placenta e comprometer o futuro fetal. Exames de sangue são utilizados para o diagnóstico de infecção aguda (atual) ou crônica. Muitas pessoas têm ou tiveram toxoplasmose e não apresentam sintomas. Mulheres que já tiveram a doença não correm risco de reinfecção na gestação. Só pacientes imuno-suprimidas podem reativar a doença durante a gestação. Na gestante costuma-se solicitar exames para a detecção de dois tipos de anticorpos, o IgG e o IGM: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário